"Nunca duvide que um pequeno grupo de pessoas conscientes e engajadas possa mudar o mundo; de fato, sempre foi, somente, assim que o mundo mudou."

(Fritjof Capra)

Traduzir esta página para:

segunda-feira, 7 de maio de 2012


Curso: e-Proinfo                                                   Turma: A 2012

Alunas: Rosa M. T. Zampronho e Márcia S. L. Beray de Souza


ATIVIDADE 2.7 – EXECUÇÃO DO PLANEJAMENTO

Tema: Bullying

Público alvo: Alunos do 4º ano E da E.M.E.F. Jardim Sumarezinho

Tempo: 3 aulas

Conteúdo: transdisciplinar

Objetivo Geral
Pesquisar e refletir sobre as causas e conseqüências do bullying, tomando como partida a leitura digital do livro: “A história da menina e do medo da menina”. 

Objetivos específicos:
- Discutir com os alunos as principais causas de bullying;
- Levar os alunos a pensar sobre a necessidade de desenvolvermos ações educativas contra o bullying na unidade escolar;
- Estimular a reflexão sobre as práticas de violência no espaço escolar através de atividades orais, escritas e lúdicas;
- Discutir o respeito às diferenças no espaço escolar;
- Construir uma proposta de regras de convivência e contra o bullying na unidade escolar.
- Enriquecer a proposta de leitura e escrita no ambiente da sala de aula.

Metodologias:
Este projeto será desenvolvido através de leituras de textos complementares ao livro citado acima, discussão em roda, trabalhos em grupos e duplas proporcionando reflexão constante sobre o assunto. Também serão utilizadas as seguintes estratégias:
- Livro digitalizado “A história da menina e do medo da menina” de Luciene Rognetta , editora Adonis apresentado através do programa Microsoft Office PowerPoint;
- Filmes curta metragem do Youtube: A turma da Mônica em: http://www.youtube.com/watch?v=j3v70bmk4eE&feature=related

- Produção de textos;
- Elaboração e fixação de cartazes contra o bullying no espaço escolar.

Recursos necessários:
- notebook; telão e projetor;
- cartolinas e materiais escolares gerais.

Desenvolvimento: 

      O desenvolvimento da 1ª aula ocorreu dentro do planejamento diário e apresentação dos slides do livro digitalizado foi um momento de bastante prazer para nós e os alunos. Após a leitura compartilhada da historinha em slides foi lançado a pergunta sobre o que se tratava aquela história e a partir daí todos quiseram falar sobre o que entenderam, o que sentiram e não demorou para surgir numa das falas a palavra: Bullying e que gerou muitas outras colocações. Decidiu-se então, que era necessário rever a história para esclarecer dúvidas surgidas. 
     Depois da 2ª apresentação da história formou-se uma roda para melhor conversarmos sobre tudo o que foi levantado a partir da história e em foco o tema principal que deveria ser explorado: o bullying.
     O diálogo coletivo correu no início de forma conturbada por que todos queriam falar ao mesmo tempo, emitir suas opiniões e, principalmente, falar sobre suas próprias experiências o que aliás, enriqueceu muito a reflexão que dera início com o livro. Foi inevitável à volta ao tema bullying onde as crianças demonstraram seus conhecimentos prévios acerca do assunto. Assim, começou a intervenção necessária para que o assunto não se perdesse em achismos e fossem esclarecidas todas as dúvidas surgidas, sempre num bate e rebate de informações dos alunos e professora.
      Nesse momento os próprios alunos surgiram que fosse elaborada na lousa uma lista/tópicos dos pontos importantes que estavam sendo levantados e todos registraram no caderno.
     Quando o grupo chegou à conclusão de que Serafina (personagem principal do livro) tratava mesmo de uma vítima de bullying e por isso sentia tantos medos foi apresentado aos alunos o vídeo do youtube: A turma da Mônica em: http://www.youtube.com/watch?v=j3v70bmk4eE&feature=related, onde os personagens discutem e levantam as questões sobre o que é o bullying e como devemos agir diante das situações. Esse vídeo ajudou bastante no esclarecimento de diversas dúvidas, reflexão e novos questionamentos por parte do grupo.
     O assunto rendeu muita reflexão como era desejado, alguns alunos começaram a ilustrar no próprio caderno desenhos sobre o tema desenvolvido. Como acabamos extrapolando o tempo de mais de duas aulas foi sugerido ao grupo que procurassem pensar mais sobre tudo o que conversamos em casa, para que na próxima aula pudéssemos elaborar uma produção de texto em duplas e a confecção de cartazes para a escola em grupo.
     No dia seguinte já demos início aos trabalhos propostos no final da aula anterior. Cada dupla de alunos (pares por aproximação de nível de aprendizagem) elaborou uma produção de texto. A sugestão foi de que elaborassem um texto informativo sobre o tema bullying com tudo que compreenderam sobre o assunto e entregassem para a professora. Em seguida formamos grupos maiores para a confecção de cartazes contra o bullying para expor no espaço da unidade escolar.

Resultados obtidos:
     Os objetivos foram alcançados com bastante êxito dentro do que se propôs o projeto. O pensamento reflexivo que se esperava tanto no individual como no coletivo se deu de forma espontânea e bem ampla. No que se refere aos aspectos de leitura e escrita também foram bem sucedidos, porém, percebeu-se que o tema é muito amplo para ser concluído. Há de ser desenvolvido constantemente envolvendo toda a comunidade escolar e pais de alunos. Faz-se necessário uma conscientização ampla e permanente sobre as causas e conseqüências do bullying.

Conclusões/Avaliação:
     Não houve tempo suficiente para a correção coletiva das produções de textos e os cartazes também serão avaliados por todos para necessários ajustes antes de serem afixados na escola. Ou seja, de fato o tempo/aulas destinado ao desenvolvimento do projeto foi muito limitado, mesmo por que durante o desenvolvimento que se deu surgiram mais idéias para serem aplicadas junto aos alunos, novos vídeos que poderiam ser explorados e, principalmente, frustrou bastante, ao grupo todo, a falta da internet na escola para aprofundarem a pesquisa sobre o assunto. 
     Os alunos criticaram e queixaram-se sobre a falta dessa ferramenta indispensável já que a grande maioria não possui computadores, nem internet em casa. 
    Como professor e aprendiz é claro que sempre aprendemos muito com nossos alunos e não foi diferente nesse caso. O Aprendizado principal foi de que um projeto com temas muito abrangentes e de repercussão como no caso do que foi abordado neste projeto, se faz necessário agregá-lo de forma permanente ao planejamento de todas as séries e no decorrer de todo ano letivo, pois, trata-se de um problema que precisa ser combatido constantemente na área da educação.
    Outra falha foi de não ter sido registrado com fotos os momentos das aulas, ficando apenas as produções de texto e cartazes que ainda estão em fase de análises e avaliações para posterior uso.

Bibliografia e Webliografia:
- Tognetta, Luciene R. Paulino. A história da menina e do medo da menina. Editora Adônis. Americana.SP; 2011.
- http://www.youtube.com/watch?v=j3v70bmk4eE&feature=related



Um comentário:

  1. Ausente durante muito tempo.Passando prá colocar em dia minhas pendencias...

    ResponderExcluir

Suas palavras são mais importantes que as minhas...